Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

Esquerdas foram confiar no "espiritismo" brasileiro e Lula foi condenado

(Por Demétrio Correia)
Isso é acreditar no aparato de palavras supostamente edificantes e ações falsamente transformadoras.
As esquerdas recorreram aos "espíritas" e receberam em troca a condenação de Lula.
Diz-se isso porque as condições energéticas são cada vez menos favoráveis ao ex-presidente, que, condenado em segunda instância pelo TRF-4, tem seu sonho de concorrer à presidência da República cada vez mais distante.
As esquerdas pagam caro pelo silêncio que tiveram ao caso de Divaldo Franco com a "farinata".
Viam em Divaldo Franco um suposto aliado e acreditavam que o espírito de Francisco Cândido Xavier iria voltar para salvar os esquerdistas a tempo deles serem designados para desenvolver a "pátria do Evangelho".
Risível. Havia quem imaginasse que Chico Xavier voltaria, voando como um super-homem, para carregar Lula no colo e voar até o Palácio do Planalto recolocá-lo no poder.
Quanta ingenuidade, quanta credulidade sem tamanho!
As esquerdas não a…

Cuidado! Tem gente faturando alto em cima do sofrimento dos outros!

(Por Demétrio Correia)
É muito fácil, é muito cômodo, escrever sobre o sofrimento alheio.
Sem vivenciar a dor do outro, o palavreador de plantão escreve livros e dá palestras dizendo o quanto sofrer é o maior barato.
Escreve-se pedindo ao outro a aceitação do sofrimento, a renúncia ao necessário e, talvez, o apego ao supérfluo.
Vivemos numa sociedade marcada pela mediocrização social em todos os aspectos.
A Teologia do Sofrimento, o "holocausto do bem", encontra terreno fértil nessa sociedade marcada pela desinformação travestida de Conhecimento.
Temos pregadores do sofrimento alheio em várias religiões.
No Catolicismo, que lançou a teoria na Idade Média, temos também exemplos contemporâneos como de Santa Teresa de Lisieux no Século XIX e Madre Teresa de Calcutá no Século XX.
No "espiritismo", o maior exemplo vem de Francisco Cândido Xavier.
Chico Xavier não cansava de fazer seus apelos. "Sofra sem mostrar sofrimento", "aguente calado as adversidad…

Esquerdas fazem péssimo serviço divulgando "espiritismo" igrejista

(Por Demétrio Correia)
Quase ninguém sabe, mas o "espiritismo" brasileiro é conservador e é protegido pela mídia hegemônica, sobretudo Rede Globo.
Seus "médiuns" se equiparam a dublês de filantropos com uma "bondade" que mais parece ficção de novela global.
Apesar de exaltados pela "caridade", não fazem coisa diferente do que Luciano Huck faz de "filantrópico" no Caldeirão do Huck.
Infelizmente, porém, até as esquerdas ficam complacentes com os "médiuns espíritas".
Num espaço que era para contrapor às narrativas dominantes em tudo, no "espiritismo", infelizmente, colunistas endossam abordagens que poderiam estar no Fantástico, da Rede Globo, ou numa página de Época.
Colunistas como Ribamar Fonseca (Brasil 247) e Marcos Villas Boas (Jornal GGN) adotam posturas ingênuas, defendendo os "médiuns espíritas".
Eles agem com boa-fé, seguindo uma narrativa dos "médiuns espíritas" que havia sido montada p…

Vídeo: Conceituado espírita já denunciou Divaldo Franco

Vídeo descreve trecho de carta de José Herculano Pires preocupado com a ascensão de Divaldo Franco, cuja oratória o jornalista definiu como "negativa" e, o que é mais grave, a aparente caridade foi considerada "condenável". Texto foi escrito nos anos 1970, mas as denúncias soam atuais.

Por que a ideia do "Brasil, Coração do Mundo e Pátria do Evangelho" é perigosa?

(Por Demétrio Correia)
Falam sobre a supostamente futura condição do Brasil como "coração do mundo" e "pátria do Evangelho".
Falam mil maravilhas: mundo "mais cristão", humanidade "mais fraterna", "reino de paz" e "lições de vida para todo o planeta".
Falam que será a "era do entendimento", do "convívio harmonioso das diferenças", "da tolerância com o outro", do "auxílio permanente ao próximo" etc.
Tomemos muito cuidado com esse discurso. Lembremos do ditado popular: "é bom demais para ser verdade".
O projeto do "Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho" prevê que o Brasil comandará o mundo no âmbito político e religioso.
Muito cuidado com essa perspectiva. Ela é anunciada como se fossem flores brotando no jardim, mas é uma perspectiva muito perigosa e sombria.
E bem mais perigosa do que se pode admitir.
Já tivemos experiência semelhante com o Império Romano co…

Sem 'wishful thinking'!! Não há como ver esquerdismo no "espiritismo" brasileiro!!

(Por Demétrio Correia)
O wishful thinking é uma doença psicológica muito comum no Brasil.
É a mania das pessoas verem a realidade de acordo com seus desejos.
Em outras palavras, a realidade para elas não é aquilo que realmente é, mas de acordo com o que gostariam que ela fosse.
É a obsessão em ver a realidade de acordo com suas vontades pessoais, o que é muito perigoso.
Desilusões e traições atingem facilmente essas pessoas, que nunca estão preparadas para aspectos que não lhes são agradáveis.
No que se diz aos gostos culturais, os internautas das redes sociais criam uma verdadeira gororoba de conceitos e ideias contraditórios.
Temos roqueiros e pobres de direita, temos feministas defendendo mulheres-objeto ou namorando feminicidas que deixaram a cadeia.
Temos negros racistas contra si mesmos, trabalhadores se mobilizando para a redução do salário mínimo, reacionários com aparência de surfista, rapper, hippie e até punk.
Temos gente que se jura democrática e pede a volta da ditadura …

Nem Brizola escapou da psicografia fake!!

(Por Demétrio Correia)
O Espiritismo foi rebaixado a uma grande bagunça, no Brasil.
Cria-se psicografias como se fossem verdadeiras peças de ficção.
Diz uma piada que os brasileiros entenderam a sigla do Controle Universal dos Ensinos dos Espíritos (C. U. E. E.) pela metade.
Da sigla, só foram aceitas as duas primeiras letras.
Sem qualquer compreensão da Ciência Espírita, pastiches são livremente publicados e postos sob responsabilidade de espíritos que não seriam capazes de escrever tais barbaridades.
As obras apenas guardam semelhanças formais, à primeira vista, que apenas "lembram" os estilos originais dos mortos alegados.
Mas isso é apenas impressão e uma leitura atenta vai certamente desfazê-la e constatar que a semelhança é falsa e foi forjada como um pastiche ou um plágio.
Algo como um produto pirata que tenta se parecer com o original.
Não há estudos e o que conhecemos como "espiritismo" é tão somente um engodo que mistura Catolicismo medieval com esoteris…

Quanto não há de cobiça e ambição nos "médiuns espíritas"? Muito!

(Por Demétrio Correia)
Os "médiuns espíritas" são oficialmente "símbolos máximos de amor, humildade, simplicidade e dedicação ao próximo".
Será mesmo?
Vários deles fazem turismo pelo planeta comercializando palavras bonitinhas em troca de dinheiro e prêmios de grande envergadura.
Dizem que tudo isso é para o "pão dos pobres", mas há que se desconfiar.
Afinal, o progresso do Brasil foi muito ínfimo, os pobres pouco saíram de suas condições infelizes.
Não há como isentar os "médiuns" de tamanha tarefa: pela grandeza que eles se julgam ter, eles poderiam muito bem ter transformado as áreas pobres do Brasil em Escandinávias tropicais.
Nada fizeram. Dizem que "não tiveram condições", "não foi possível" ou "apenas tentam ajudar naquilo que podem".
Grande falácia. Enquanto os resultados de sua "caridade" são muito medíocres, eles se tornam festejados demais por muito pouco que fazem na vida.
São paparicados, exa…

"Espiritismo": uma religião de mitômanos?

(Por Demétrio Correia)
O "espiritismo" brasileiro é uma religião de mitômanos?
Pergunta-se isso porque prevalece a desonestidade doutrinária da deturpação.
"Espíritas" praticam o roustanguismo mas se dizem "fiéis" a Allan Kardec.
Há psicografias fake que nem de longe refletem o estilo e os aspectos pessoais dos autores mortos alegados.
No entanto, essas obras são tidas como "autênticas" e não raro há páginas na Internet citando os falsos autores como se eles trouxessem alguma mensagem verdadeira.
Os "espíritas" criticam a "vaticanização" que tanto praticam de maneira bastante entusiasmada e apaixonada.
Vivem indecisos em defender a felicidade ou fazer apologia ao sofrimento.
Bajulam Erasto e seus alertas urgentes contra a deturpação.
Mas, depois, vão logo rasgando a seda pelo medieval Emmanuel.
Traem Allan Kardec de maneira mais compulsiva possível, mas vivem exigindo a "fidelidade doutrinária".
Há alguns, mais opo…

O grande mal do "espiritismo" brasileiro: a dissimulação

(Por Demétrio Correia)
O "espiritismo" brasileiro peca pela desonestidade doutrinária.
Se compromete, em tese a adaptar os conceitos kardecianos ao contexto brasileiro, mas nem de longe cumpre essa promessa.
Pelo contrário, o que vemos é cada vez mais a ressurreição do antigo Catolicismo jesuíta do período colonial, agora sob novo rótulo.
Virou um "outro Catolicismo", só que mais antiquado e retrógrado que o original.
O que é mais grave é que tudo isso é feito escancaradamente, mas no discurso se fala em "outra atitude".
O discurso é só maravilhas: "espiritismo progressista", "ação equilibrada entre Fé e Ciência", "esperança de um mundo melhor", "certeza de transformações profundas para a sociedade".
Só que essa fachada "progressista" e "futurista" cai na apresentação de ideias e práticas.
Os "espíritas" mais destacados aparecem ao lado de personalidades políticas retrógradas: Michel T…