Não há estudo que sequer sugira que animais vivam no mundo espiritual

(Por Demétrio Correia)

Há muita especulação sobre os animais de estimação irem para o mundo espiritual.

Supor que eles possam dar toda a alegria e prazer aos infortunados que acreditam receberem as tais "bênçãos" na vida futura.

Imaginar gatinhos, cãezinhos, canarinhos, coelhinhos etc povoando as "colônias espirituais", alegrando a população a circular nas relvas com pijamas branquinhos, é muito agradável.

Mas isso é muito irreal, e é uma fantasia de cunho materialista.

Supõe-se que animais tenham alma e que possam ter alguns arremedos de inteligência ou coerência.

Mas até os estudos neste sentido estão só no começo.

Allan Kardec, em O Livro dos Espíritos, até deu algumas noções, mas como a Ciência Espírita estava no começo, nada de concreto poderia se dizer sobre os bichinhos do além-túmulo.

Kardec se limitou a dizer que, após a morte, os animais viveriam numa espécie de erraticidade.

Ele mesmo tinha consciência de que muitos estudos careciam a respeito.

Isso também se refere à vida espiritual, à qual não se tem uma concepção realmente coerente.

Sabe-se apenas que vida espiritual existe, o espírito vive etc e tal.

Mas não há a menor tese plausível do que possa ser o mundo espiritual.

Todavia, não bastasse os "espíritas" brasileiros, muito catolicizados, fizerem fantasias sobre o mundo espiritual, se lá se serve suco de açaí ou se casais praticam sexo, ainda perguntam se verão filhotes de gatos e cachorros correndo nas relvas das "colônias espirituais".

Não há ainda um estudo sério a respeito.

O que se tem, quando muito, são falsos estudos para corroborar devaneios materialistas.

Há fachada acadêmica para tudo, até o nazi-fascismo criou "estudos" para afirmar suas teses malignas.

Se o mundo espiritual é um enigma, a presença de gatinhos, cãezinhos, canarinhos, oncinhas pintadas, zebrinhas listradas e coelhinhos peludos é mais mistério ainda.

Sonhar com um mundo espiritual de contos de fadas ainda fará muito "espírita" cair da cama...

Comentários